Uma obra de metaficção inteligente, aterrorizante e aflitiva.

Perseguindo o bicho-papão

No verão de 1988, os corpos mutilados de quatro adolescentes desaparecidas começam a ser encontrados em uma pacata cidadezinha de Maryland. As provas macabras levam à aterrorizante suposição de que um serial killer está à solta naquele subúrbio tranquilo. Contudo, logo começa a se espalhar um boato de que o mal que está caçando as adolescentes pode não ser totalmente humano. Mas a polícia e o FBI têm certeza de que o assassino é um psicopata de carne e osso – e que está brincando com eles. Para uma comunidade outrora pacífica, agora aprisionada nas profundezas da paranoia e da desconfiança, parece que o pesadelo nunca vai acabar.

O recém-formado Richard Chizmar volta para sua cidade natal no momento em que um toque de recolher é decretado e um grupo de vigilância de bairro é formado para fazer rondas. Em meio às preparações para o casamento e o início da carreira como escritor, ele logo se vê catapultado para o coração de uma história de terror verídica. Inspirado pelos eventos aterrorizantes, Chizmar escreve um relato pessoal do reino de terror do assassino em série, sem saber que aquele período de volta ao lar o assombraria por anos a fio.

"Perseguindo o bicho-papão" é a mistura perfeita de terror psicológico e true crime. A técnica literária de Chizmar – combinando a narrativa de Stephen King e o suspense implacável de Michelle McNamara – é o ponto alto deste thriller singular que permanecerá na sua memória por muito tempo após você ter lido a última página.
 


  • Gênero: Suspense
  • Páginas: 336
  • Formato: 16x23
  • Tradução: Marcello Lino
  • Ano de lançamento: 2024
  • Preço: R$ 69,90
  • Preço do ebook: R$ 49,90
  • ISBN: 978-85-88490-74-7
  • E-ISBN: 978-65-88490-82-2

  • Perseguindo o bicho-papão é muito assustador, fiquei eufórico ao final, pois jamais havia me deparado com algo semelhante. Li compulsivamente. É de arrepiar... Pensei muitas vezes em Eu terei sumido na escuridão, mas nunca em detrimento da história. A influência de Ray Bradbury está por toda parte, mas ele jamais poderia ter escrito aquele final. Perseguindo o Bicho-Papão consegue fazer o que as obras sobre true crime não costumam ser capazes: proporcionar arrepios e um desfecho genial.”

    Stephen King

    Autor

  • “Brilhante... Absolutamente fascinante, totalmente cativante e imensamente contundente. Desafio você a não ler de uma tacada só. Um livro que jamais esquecerei!”

    C.J. Tudor, de

    Autora

  • “Com o martelo em riste, Richard Chizmar decidiu destruir a ideia de que tudo já foi feito. Uma fusão aterradora de estilos, mídia, biografia e lenda. Elástico, inquietante, brilhante. E você que achava que sabia o nome de todos os gêneros literários...”

    Josh Malerman, de







Foto do Autor Richard Chizmar

Richard Chizmar

Autor

Richard Chizmar é o coautor (com Stephen King) da trilogia A Caixa de Gwendy, bestseller do New York Times. Seus livros recentes incluem The Girl on the Porch; The Long Way Home, sua quarta coletânea de contos; e Widow’s Point, uma assustadora história sobre um farol mal-assombrado escrita em parceria com o filho Billy Chizmar, que recentemente se tornou um longa-metragem. Seus contos apareceram em dezenas de publicações, dentre as quais a Ellery Queen Mystery Magazine e a The Year’s 25 Finest Crime and Mystery Stories. Foi agraciado com dois World Fantasy Awards, quatro International Horror Guild Awards e com o HWA’s Board of Trustees Award. Perseguindo o bicho-papão foi finalista do prêmio Goodreads e eleito um dos melhores livros de terror dos últimos cinco anos também pelo Goodreads. Chizmar teve suas obras traduzidas em mais de 15 idiomas mundo afora e participou de várias conferências como instrutor de técnica literária, palestrante, debatedor e convidado de honra. Você pode segui-lo no X em @RichardChizmar ou visitar RichardChizmar.com.

Livros Relacionados